Nova tecnologia permite ecrãs táteis de plástico baratos

Os cientistas do Instituto Fraunhofer, na Alemanha, revelaram uma tecnologia de pode reduzir o custo dos ecrãs táteis.

Os ecrãs táteis produzidos atualmente envolvem a utilização de óxido de índio e estanho. Segundo a equipa de cientistas do Instituto Fraunhofer, as fontes de índio são escassas o que incrementa o custo do metal.

De acordo com a PcPro, os investigadores afirmam que a nova tecnologia permite produzir ecrãs de qualidade a partir de materiais baratos, que existem em grande quantidade. Os principais componentes empregues pela nova tecnologia são os nanotubos de carbono e os polímeros de baixo custo.

O processo utilizado pelos cientistas vai permitir a produção de ecrãs de plástico uma vez que o carbono torna o material mais resistente. A equipa de investigadores admitiu, no entanto, que a sensibilidade ao toque nos ecrãs de plástico é menor que aqueles produzidos com óxido de índio e estanho.

A apresentação da nova tecnologia de ecrãs táteis será, possivelmente, feita num evento de nanotecnologia em Tóquio no mês de fevereiro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: